Blog
Lenny Kravitz leva cuidados dentários às Bahamas

O cantor norte-americano é filho de mãe nascida nas Bahamas e ele próprio tem uma casa na ilha de Eleuthera, onde tem vivido nos últimos anos.Lenny Kravitz já tinha tido a iniciativa o ano passado de levar cuidados dentários à população daquele país, situado a norte de Cuba. Através da sua Fundação ‘Let Love Rule’ e com a ajuda dos profissionais norte-americanos da GLO Good, conseguiram fornecer tratamentos e pequenas cirurgias a crianças e adultos.Na altura, dezembro de 2015, tiveram de interromper abruptamente a atividade por não terem todos os documentos legais necessários para exercer medicina dentária na clínica das Bahamas.A situação foi entretanto regularizada e os dias de tratamentos dentários gratuitos voltaram agora a repetir-se. O autor de êxitos como ‘Fly Away’ e ‘American Woman’ fez questão de demonstrar isso mesmo na sua página de Instagram.“É um privilégio servir a população. A caridade começa em casa. Eleuthera, Bahamas”, comentou Kravitz na quinta-feira, dia 1 da “nossa missão dentária/médica”.Fonte: www.movenoticias.com


LEIRIA Festival - Bandas confirmadas

RUI VELOSO: Pai do rock é o primeiro nome confirmado no Leiria Festival 2016, marcado para os dias 12, 13 e 14 de Maio.Rui Veloso será o cabeça-de-cartaz do primeiro dia de festival, inserido no programa da Feira de Maio. O anúncio foi feito há momentos pelo vereador Vítor Marques, no final da reunião de Câmara de Leiria.O autarca considerou ser “um privilégio” contar com Rui Veloso no programa do Leiria Festival. Vítor Marques frisou que, este ano, o músico tem previstos apenas “cinco ou seis concertos” e o de Leiria “será um deles”.Depois da confirmação, a autarquia está agora a preparar a emissão de vales-oferta para o concerto, a propósito do Dia dos Namorados. Os vouchers poderão ser adquiridos no Teatro José Lúcio da Silva e depois trocados pelo bilhete correspondente, quando estes forem emitidos.Expensive Soul são o segundo nome revelado para o Leiria Festival.Demo e New Max já passaram nos palcos do Rock in Rio, do Sudoeste e dos coliseusA Câmara de Leiria informou que a banda portuguesa Expensive Soul está confirmada no Leiria Festival, com um concerto marcado para dia 13, no Estádio Municipal Dr. Magalhães de Leiria. Este é o segundo nome do cartaz do festival, juntando-se a Rui Veloso que vai subir ao palco do Estádio Dr. Magalhães Pessoa no dia 12 de Maio. A banda Expensive Soul, composta por Demo e New Max, de Leça da Palmeira, surgiu m 1999, tendo ficado conhecidos do grande público em 2004 com o álbum ‘B.I.’. Na sua discografia assinam sucessos como ‘Que saudade’, ‘Cupido’ e ‘O amor é mágico’, numa sonoridade que vai do ‘soul’ ao ‘reggae’ e ‘hip-hop’. Um dos momentos altos da história da banda ocorreu em 2011, quando foram nomeados para os prémios MTV Europe Music Awards, na categoria “Best Portuguese Act”.Fonte: jornaldeleiria.pt


Vital 3m Patrocina pista de gelo em Leiria - Veja a programação!

A famosa pista de gelo  chega esta sexta feira dia 27 de novembro ao Mercado Santana, em Leiria! Patrocinada pela Clínica Dentária Vital 3m.A pista vai funcionar entre 28 de Novembro e 3 de Janeiro e terá muitas diversões e fabulosos espetáculos, transformando o Mercado Sant'Ana num espaço dedicado a toda a família. A entrada custa apenas 3,00€, para um tempo de permanência de 20 minutos na pista. Para grupos organizados com mais de 20 pessoas o custo por pessoa reduz para 2,00€. Esta iniciativa está integrada no evento "Leiria Cidade Natal" Cerca de 70 iniciativas, mais de mil horas de diversão e alegria, ao longo de 38 dias de magia, vão transformar Leiria nesta época natalícia na Cidade Natal mais divertida do país, estimando-se milhares de visitantes. Consulte o programa em baixo:Na sexta-feira, dia 27 de novembro Leiria inaugura “oficialmente” a época natalícia, com a abertura da Pista de Gelo, no Mercado de Sant’Ana, uma das grandes novidades deste Natal em Leiria.De domingo a sexta-feira e no feriado de 08 de dezembro, a pista de gelo está aberta das 10h00 às 13h00, das14h00 às 17h00 e das 18h00 às 20h00. Aos sábados e no dia 07 de dezembro, funciona também das 21h00 às 23h00. Nos dias 24 e 31 de dezembro a pista está aberta das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.No Teatro José Lúcio da Silva e no Teatro Miguel Franco vão ter lugar dezenas de iniciativas para os mais pequenos com teatro, nos dias 11 12 e 13 de dezembro no Teatro José Lúcio da Silva onde são esperadas mais de 5 mil crianças, e cinema, no Teatro Miguel Franco, entre os dias 20 e 21 de dezembro (exceto dias 25 e 27) e nos dias 02 e 03 de janeiro de 2016.A Praça Rodrigues Lobo vai acolher boa parte das iniciativas de Natal, tais como a Casa do Pai Natal, Oficinas de Natal, Rua das Guloseimas, Recreio dos Duendes, Loja das Histórias, Palco de Animação, Avenida da Solidariedade, Mercadinho e o Celeiro dos BichinhosA Casa do Pai Natal está aberta nos dias 28 e 29 de novembro e nos dias 05, 06, 07, 08, 12, 13, 18, 19, 20, 21 e 22 de dezembro, das 10h30 às 12h00 e das 14h30 às 16h00, nos dias úteis e das 15h30 às 18h30, no fim de semana e feriado.As oficinas de Natal oferecem atividades como a criação de enfeites, árvores de Natal com resíduos, Menino do Lapedo – Uma Prenda de Natal, Arqueólogo por um Dia, Espreitar o Natal, As Cordas dos Reis Magos, Um Natal com um Papel Diferente, Pequenos Hortelões e Iniciação à manipulação de Fantoches de Dedo.Na Rua das Guloseimas a tentação não vai faltar com doces, pipocas, chocolates e biscoitos ao gosto de todos.Já no recreio dos Duendes a pequenada pode divertir-se com os insufláveis, pinturas faciais e modelagem de balões.A Loja das Histórias é uma aposta da Biblioteca Municipal, com sessões às segundas, quartas e sextas, também na Praça Rodrigues Lobo.O Palco de Animação vai contar com a presença de inúmeros espetáculos desde a música à dança, passando pelo ilusionismo e palhaços.De 28 de novembro a 31 de dezembro, o edifício do Banco de Portugal recebe a já tradicional e muito visitada exposição “Construções em peças de legos”. Esta exposição está aberta ao público nos dias úteis, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h00. Ao sábado e domingo os interessados poderão visitá-la das 14h00 às 18h00 (está encerrada no dia 25 de dezembro).Durante este período e através da iniciativa Incentivarte estarão expostas em vários locais públicos da cidade, esculturas de Natal, em material reciclado, idealizadas e produzidas por alunos das escolas, públicas e privadas, do 2º e 3º Ciclo e Secundárias do concelho de Leiria. Este é um desafio lançado pela autarquia às escolas e que, tem contribuído com grande sucesso, para durante o natal embelezar as ruas da cidade, sendo sobretudo uma forma de despertar a consciência ecológica, indispensável à preservação do ambiente e a um desenvolvimento sustentado.Para percorrer as ruas da cidade na companhia do Pai Natal, o Comboio de Natal, vai ser o transporte preferido de todos. Com estação no Largo Comendador José Lúcio da Silva, este veículo natalício fará diversos percursos ao longo do dia, com saídas às 09h30, 10h30, 11h30, 14h30, 15h00, 16h00 e 17 horas.O Mercadinho realiza-se nos dias 28 e 29 de novembro e nos dias 05 e 06 de dezembro entre as 14h30 e as 19h00.A Avenida da Solidariedade decorre nos dias 12, 13, 19 e 20 de dezembro e conta com a exposição e venda de produtos de Instituições Particulares de Solidariedade Social.O Celeiro dos Bichinhos que tem lugar nos dias 28 e 29 de novembro e nos dias 05, 06, 12, 13 e 20 de dezembro, pode ser visitado entre as 14h30 e as 18h00.A animação de Natal vai ainda contar com o já tradicional Christmas Night Trail, no dia 12 de dezembro, além de muita animação deambulante, desfile de vespas e concerto de carrilhão.


Afinal quantas horas de Sono realmente precisamos?

Quando está a ver televisão à noite, já tarde, vem aquele sentimento de culpa, porque sabe que tem de se levantar para o trabalho às 7h da manhã. Aí convence-se que precisa apenas de 5 ou 6 horas de sono. Mas será isso suficiente para ficar alerta no trânsito de manhã e enfrentar um dia de 8 horas de trabalho?Tomar bebidas energéticas e fazer sestas?De facto a maioria das pessoas passa cerca de um terço da vida a dormir. A quantidade de horas de sono recomendada depende de vários factores. De acordo com a National Sleep Foundation, não existe um número ideal de horas que uma pessoa precisa de dormir. Em vez disso, há apenas diretrizes para ajudar a determinar as horas de sono de que cada um precisa. Se consumir cafeína ou bebidas energéticas para se manter alerta durante o trabalho, vai precisar de deixar de ver televisão até tarde e ir para a cama mais cedo (ou fazer mais exercício físico). O mesmo é válido se der consigo a dormir uma sesta durante a sua hora de almoço.Sono basal vs. défice de sonoSono basal é o número de horas que precisa de dormir regularmente para se sentir bem e com energia. Défice de sono é o sono que perde devido a maus hábitos, doença ou outras causas. Estudos revelam que a maioria dos adultos saudáveis ​​precisam de 7 a 8 horas de sono basal. Mas se tiver ficado com o sono atrasado devido a uma festa à noite ou uma forte constipação, pode ser necessário recuperar o sono perdido dormindo mais horas no dia seguinte. Um artigo escrito por Hans Van Dongen Pa, Naomi L Rogers e David F Dinges da Universidade da Pensilvânia fala do Sono basal e do débito de sono em grande detalhe. Resumindo : Não dormir o suficiente (menos de 6 horas) pode levar a todos os tipos de problemas. Por um lado, o seu IMC (Índice de Massa Corporal) vai aumentar, uma vez que a privação de sono fará com que coma mais. Pode ainda elevar o risco de diabetes e problemas cardíacos, aumentando o risco de doenças psiquiátricas, como a depressão. O défice de sono pode afectar a capacidade de concentração e memória.A Média IdealPesquisas com mais de 1 milhão de adultos realizadas pela American Cancer Society revelaram que as pessoas que dormiam sete horas se mantinham mais saudáveis após seis anos do que aquelas que dormiam mais e menos. Outro grupo de pesquisadores descobriu que aqueles que dormiam apenas 6 horas apresentavam níveis de reação comparáveis a um nível de álcool no sangue de 0,1 por cento. As pessoas com apenas 4 horas de sono dormitaram durante os testes cognitivos. Conclusão: Aqueles que rotineiramente dormem menos de sete horas podem ter problemas cognitivos; os dorminhocos (mais de 8 horas), podem aumentar o risco de doenças do coração, obesidade e diabetes.Fonte:Medicina-tradicional-chinesa


Pôr Protetor antes ou depois de chegar à praia?

Depois de meses e meses de chuva e frio, a chegada do verão deixa qualquer um alegre. Tempo de férias, de descanso e de lazer, esta época está também associada a alguns excessos e a comportamentos que acabam por ter consequências nocivas, como sucede com uma exposição solar demasiado prolongada, o sal do mar, o vento e o cloro das piscinas, além do álcool e de uma maior ingestão de alimentos gordos. A vontade de aproveitar o calor ao máximo leva-nos a cometer erros que comprometem a saúde e beleza da pele. As soluções para evitá-los são simples e eficazes. Encontre-as já a seguir:1. Aplicar o protetor só depois de chegar à praiaNão deve fazê-lo porque os filtros solares químicos demoram algum tempo a atuar convenientemente de forma a promover a proteção. Para não correr riscos desnecessários, aplique o protetor 20 a 30 minutos antes da exposição solar. «Se o aplicar já com o fato de banho vestido, de forma a não o sujar, vai deixar zonas por proteger, ficando a pele vermelha e escaldada», afirma Manuela Cochito, dermatologista.Deve ser aplicado em casa, com a pessoa despida, numa quantidade generosa (nos adultos, o equivalente a uma bola de golfe), espalhando homogeneamente por todo o corpo. «As exposições solares ao ar livre devem ser protegidas da mesma forma, seja numa ida ao campo, a uma esplanada e durante a prática de exercício físico. A proteção solar antes de sair de casa, nestes casos, é também recomendada», sublinha a especialista.2. Não proteger o couro cabeludo      (Clique aqui e usufrua de um check up dentário)Não deve fazê-lo porque esta é uma zona habitualmente esquecida mas que «pode ser afetada por um cancro de pele», afirma a dermatologista. É fundamental proteger esta zona porque a pele do couro cabeludo é extremamente sensível aos raios solares. «Como é difícil colocar protetor solar onde existe cabelo, deve usar chapéu para evitar queimaduras e, posteriormente, cancro de pele», salienta Manuela Cochito. Para além disso, embora a haste capilar não seja uma célula viva, para evitar que o cabelo fique espigado e seco, deve protegê-lo com produtos adequados.3. Não aplicar protetor nas mãos      As mão estão constantemente expostas ao sol, motivo pelo qual a sua pele envelhece precocemente. Deve, por isso, protegê-las devidamente. «As mãos devem ser protegidas como qualquer outra parte do corpo. O mesmo se recomenda com os pés, que são propícios a escaldões e que as pessoas se esquecem de proteger», refere Manuela Cochito.Para além disso, «é fundamental hidratar muito bem a pele quando se chega da praia porque ela precisa, muitas vezes, de absorver duas a três camadas de hidratante para compensar as agressões do vento, das areias, da água do mar, do sol, entre outros», indica a dermatologista.4. Dormir com o sal no corpo e cabelo para fixar o bronzeadoNão o deve fazer porque a água salgada seca e desidrata a pele, pelo que se desaconselha totalmente que se durma com sal no corpo e no cabelo. Tomar banho de água doce e hidratar a pele logo de seguida.Veja na página seguinte: A importância de hidratar a pele depois da exposição solar5. Reforçar a hidratação depois do sol            (Clique aqui e usufrua de um check up dentário)A hidratação do organismo, por dentro e por fora, é fundamental, tanto para os adultos como para as crianças. O calor provoca perdas de água no filme hidrolipídico da pele, que devem ser repostas através da aplicação de um hidratante. Para além disso, é importante reforçar a ingestão de água para evitar complicações por desidratação geral do organismo, como infeções urinárias, cólicas renais ou desidratações graves em crianças pequenas. Além do recurso a um bom creme hidratante, deve também beber muita água.6. Não hidratar o cabelo depois do solNão o deve fazer porque o cabelo é muito agredido com o calor, as idas à praia, o contacto com a areia e água salgada. Por isso, deve reforçar sua hidratação. Depois de chegar a casa, deve lavar o cabelo com um champô para cabelos secos ou quebradiços e aplicar uma máscara. Se tiver o cabelo tendencialmente estragado.Manuela Cochito, dermatologista, recomenda que «aplique uma máscara hidratante, coloque uma touca de plástico e deixe atuar 15 minutos, pois ajuda a penetrar a hidratação dentro do cabelo», sublinha. Depois passe por água», indica ainda a especialista.7. Não limpar o rosto à noite                           (Clique aqui e usufrua de um check up dentário)«É durante o sono que a pele é reparada e autoregenerada, deitando fora as toxinas. Se a pele está maquilhada, essa tarefa é ainda mais difícil», justifica a especialista. Não limpar o rosto à noite é, por isso, um pecado que não deve cometer. Os cremes de tratamento mais profundo devem ser aplicados à noite. E, para atuarem, têm de ser aplicados sobre uma pele limpa e devidamente desmaquilhada. «Lavar os dentes e hidratar a pele antes de se deitar são duas regras básicas de higiene e de civilização», recomenda Manuela Cochito, dermatologista.Texto: Cláudia Pinto com revisão científica de Manuela Cochito (dermatologista)Fonte: http://lifestyle.sapo.pt/moda-e-beleza/corpo-e-estetica/artigos/erros-de-verao?artigo-completo=sim


7 Erros que você comete ao comer e não se apercebe!

Texto: Madalena Alçada BaptistaNunca estivemos tão informados sobre os efeitos benéficos ou nocivos deste ou daquele alimento e, paralelamente, as diferentes teorias alimentares estão a viver um momento de glória no que à sua difusão diz respeito.Mas debaixo desta enxurrada de conhecimento nutricional encontra-se um estado de confusão, em certa medida suportado por determinadas atitudes do nosso dia a dia.A proliferação de algumas teorias nutricionais sem fundamento científico (mas que se tornam atraentes e originais) que circula por aí também não ajuda.Tudo isto fez-nos incorporar nos nossos hábitos, quase sem nos darmos conta, uma série de erros que, em alguns casos, podem representar graves consequências para a saúde.Estes são alguns dos mais comuns. Aprenda a identificá-los e a eliminá-los. Dizemos-lhe como!1. Nunca tenho tempo para tomar o pequeno-almoço com calmaO que fazSai de casa à pressa, levando no estômago, quanto muito, um café. Costuma acontecer consigo, não costuma?Porque está errado                       (Clique aqui e usufrua de um check up dentário)Falta de energia, cansaço, mau humor... Estes são sintomas que pode sentir ao longo da manhã. O organismo pode adaptar-se a um jejum de até 12 horas. A partir daí, as reservas de energia, armazenadas em forma de glicose, começam a desaparecer e o nosso rendimento piora, afetando particularmente as capacidades de memorização e/ou aprendizagem.Mas não é só isto. Quando saltamos o pequeno-almoço, privamo-nos de alimentos muito saudáveis, como o o leite e derivados, os cereais e a fruta. «Se beber apenas um café, mesmo sendo este um excitante, sentirá energia momentaneamente mas depressa cairá», adverte Magda Roma, nutricionista, responsável do Departamento de Investigação e Diagnóstico das Clínicas Persona.O que deve fazerLevante-se 15 minutos antes e prepare um pequeno-almoço com lacticínios ou substitutos, fruta ou sumo natural e cereais ou derivados. São nutrientes essenciais e que dão energia.2. Fruta à sobremesa engorda. Por isso nunca a como...O que fazAcreditar que comer fruta depois de outros alimentos engorda é uma ideia falsa, uma vez que as calorias que lhe fornece são as mesmas.Mas há muitas pessoas que, enganadas pelo mito de que este hábito engorda, só a comem entre refeições (o que não é incorreto) ou, com medo de engordar retiraram-na completamente da sua alimentação, o que pode ser fatal, dado que a fruta é uma das melhores fontes de vitaminas e sais minerais essenciais.Porque está erradoA fruta engorda sempre da mesma maneira, antes durante e depois das refeições. E, regra geral, é pouco, já que, apesar de conter açúcares simples, é rica em água e fibra.O que deve fazerInclua diariamente fruta nas ementas de toda a família, sobretudo das crianças, já que a sobremesa dos almoços e dos jantares é o momento ideal para assegurar a dose diária recomendada.«Devemos comer diariamente até quatro peças de fruta. A fruta é um ótimo snack entre refeições, pois além de ter açúcar de baixo índice glicémico, tem fibra que promove a saciedade, mantendo o organismo estável e sem ataques de voracidade. Comer fruta a seguir às refeições não é uma atitude incorreta. É preferível comer uma peça de fruta do que uma dose de arroz doce», acrescenta a nutricionista.3. Não bebo água durante as refeições porque me incha e engordaO que fazMuitas pessoas engolem os alimentos a seco porque acreditam que beber água entre garfadas engorda.Porque está erradoAs calorias que a água contém são sempre as mesmas, independentemente do momento em que a ingere. Zero! A água não engorda, portanto.«No entanto, ingerir líquidos à refeição provoca uma diluição do suco gástrico, podendo obrigar o estômago a produzir mais ácido do que é realmente necessário para realizar a digestão», refere a nutricionista.«Devemos mastigar bem os alimentos para potencializar uma diminuição da quantidade de ácido e facilitar a digestão. Ingerir uma grande quantidade de líquidos não beneficia a digestão nem sacia, para saciar precisa de estar associado à ingestão de fibras, por exemplo», sublinha ainda. Beber água às refeições é, por isso, permitido, desde que em quantidades moderadas.O que deve fazerBeba sempre que tiver sede. Os especialistas recomendam cerca de oito copos (aproximadamente dois litros) por dia. Para esta quantidade também conta a água contida nas frutas e verduras, sumos naturais, infusões, sopas, ensopados ou outros pratos do género.4. Gelados e chocolate? Nem prová-los!O que fazPrescinde do chocolate porque, para além das suas calorias, está convencido que provoca acne, cáries e colesterol, além de representar um vício irrefreável?E o mesmo se passa com os gelados. Deixa, muitas vezes, de os comer porque os associa a muito açúcar, gorduras e calorias, não é?Pois nem um nem outro são tão ferozes como os pintam.Porque está erradoTal como afirmam os especialistas do Instituto Espanhol do Cacau e do Chocolate, este alimento, por causa do seu elevado conteúdo energético, é recomendável dentro de uma alimentação equilibrada. Se estiver dentro do seu peso normal e saudável, um quadrado por dia não lhe fará mal.Quanto aos gelados, um estudo recente levado a cabo pelo Departamento de Nutrição da Universidade de Barcelona revelou que os que são feitos com leite são uma boa fonte de cálcio. Contudo, também para estes a moderação é a palavra de ordem. Não nos podemos esquecer que os gelados são feitos a partir da nata do leite, rica em gorduras, pelo que devem ser consumidos com conta, peso e medida.O que deve fazer                           (Clique aqui e usufrua de um check up dentário)Se lhe apetecer um chocolate não se prive... mas imponha um limite e seja razoável! Relativamente aos gelados, deve saber que têm a mesma quantidade de calorias e cálcio que um copo de leite gordo e duas bolachas.5. Evito os hidratos de carbono. Têm imensas calorias!O que fazMuitas pessoas reduzem habitualmente os hidratos de carbono da sua dieta evitando comer alimentos como pão, massa, arroz, batatas, bolachas, cereais...A razão? Acham que engordam. Não é bem assim! Cada grama de hidratos de carbono contém 4 kcal, assim como as proteínas, contra as 9 kcal que as gorduras contêm. Portanto, tudo vai depender da quantidade que ingere e da gordura que lhe adiciona.Porque está erradoO organismo precisa de uma quantidade mínima diária de hidratos de carbono e, perante a sua ausência, recorre a outros nutrientes como fonte de energia (proteínas e gorduras). Para além disso, os hidratos de carbono podem ser uma fonte de fibra, pelo que aumentam a saciedade e fazem com que se ingiram menos calorias. Seguir uma dieta baseada apenas em proteínas, por exemplo, é desaconselhado.De acordo com Magda Roma, «a alimentação tem que ser baseada numa distribuição saudável de 50-60% de hidratos de carbono, 25-30% de gorduras e 10-15% de proteínas». Para emagrecer e manter o peso, «devemos reduzir ligeiramente as gorduras e os hidratos de carbono, pois são os nutrientes que ingerimos em maior quantidade diariamente. Mas não devemos restringir os hidratos de carbono sem ter um substituto desta fonte de glicose», acrescenta a nutricionista.O que deve fazerOpte por hidratos de carbono de absorção lenta. Onde pode encontrá-los? Procure-os em cereais, leguminosas e batatas, por exemplo.6. Nunca como pão. É o que mais me engorda!O que fazCada vez que quer perder peso, deixa de comer pão por causa da fama que este alimento tem de ser hipercalórico.Um erro, uma vez que 100 g de pão não contêm mais de 250 calorias.Porque está erradoO pão é um hidrato de carbono complexo.É um tipo de macronutriente que, segundo muitos estudos, engorda bastante menos do que as gorduras, já que, quando o organismo precisa de energia, é a primeira coisa que queima.De fato, a Organização Mundial de Saúde recomenda a sua inclusão na alimentação diária, estabelecendo a quantidade adequada nos 250 g. Para além disso, são cada vez mais evidentes os benefícios que um determinado tipo de pão traz para a dieta, o integral. Apesar de não engordar menos que o branco (outro mito a deitar por terra), sacia mais depressa, por causa do seu elevado conteúdo de fibra. E favorece o trânsito intestinal.O que deve fazerAs farinhas com que é feito traduzem-se em energia e dão vitalidade. Não prescinda dele mas modere a sua ingestão. «Coma até 1 pão por dia e divida-o pelas refeições. Por exemplo, meio pão integral no lanche da manhã e o restante no primeiro lanche da tarde», sugere a especialista.7. Não misturo diferentes tipos de alimentos porque dizem que não é bomO que fazHá quem diga que não se deve misturar vários tipos de fruta, beber leite e comer laranja...A teoria da dissociação de alimentos fez com que se impusesse a crença de que misturar, por exemplo, hidratos de carbono com proteínas ou gorduras na mesma refeição se traduz, irremediavelmente, em quilos a mais.Porque está erradoO falso mito de que não se devem misturar alimentos distintos provém das teorias de William Howard Hay, perto de 1930. De acordo com este médico, não se podem misturar alimentos ácidos e básicos, porque as enzimas digestivas são incapazes de atuar. A dieta de Hay, como ficou conhecida, tinha como intuito tratar perturbações digestivas através da dissociação de determinados tipos de alimentos. Hoje em dia sabe-se que esta ideia não é correta, e que as nossas enzimas atuam independentemente daquilo que se come.O que deve fazer                          (Clique aqui e usufrua de um check up dentário)Certifique-se de que as suas ementas são equilibradas e que contêm todos os nutrientes: 25-30% de gorduras, 50-60% de hidratos de carbono e 10-15% de proteínas. Só assim comerá de forma saudável. A nutricionista Magda Roma deixa, contudo, um alerta. «Esta distribuição é para ser feita ao longo do dia, não é numa refeição», refere.«Arroz, batatas e pão não se misturam na mesma refeição, pois representam doses extra de hidratos de carbono desnecessárias. Outro exemplo é bife e o ovo. É uma mistura bombástica, pois a dose de proteínas e gorduras ingeridas pode ser distribuída em duas refeições. Quando se ingere ovo, deve reduzir-se a quantidade de carne/peixe, pois são ambos proteínas, e tudo o que é demais faz mal», sublinha a especialista.Fonte


Fruta na refeição: Antes , depois ou nunca?

Estamos no campo da ficção científica da alimentação quando se fala no risco da "fermentação"“Não comas a fruta depois do prato porque fermenta”, “Come metade da maçã antes do prato para diminuir a absorção de gordura” ou “Fruta deve ser comida de estômago vazio”, são certamente três chavões que já ouviu sobre o papel da fruta no contexto de uma refeição.Começando pelo que realmente é verdade. A ingestão de fibra tem potencialmente um papel positivo ao nível da diminuição de absorção de gordura. Todavia, não é obrigatoriamente necessário que exista a ingestão de uma peça de fruta antes da refeição para que esta interacção benéfica ocorra. De facto, um prato de sopa possui aproximadamente a mesma quantidade de fibra que uma peça de fruta, ou mais ainda se possuir leguminosas como o grão, feijão e favas na sua composição.Também os legumes cozidos ou saladas como acompanhamento do prato principal são excelentes fornecedores de fibra não sendo assim totalmente obrigatória a presença da fruta como “entrada”. Ainda a este nível, a ingestão de fruta no final de uma refeição tem duas potenciais vantagens: Por um lado, o teor de vitamina C de várias frutas como a laranja, morango e kiwi tem um papel benéfico na facilitação da absorção do ferro de origem vegetal presente na refeição (feijão, grão, pão, etc.). Numa outra perspectiva (mais especulativa é certo), do ponto de vista sensorial, a fruta pode fazer mais sentido no final da refeição ao conferir um carácter doce no seu epílogo, algo que muitas pessoas sempre procuram. Assim, ao inseri-la no início da refeição, este “fim de boca” salgado pode pedir algo mais e precipitar uma sobremesa doce tornando este esforço em vão.Passando à ficção científica da alimentação, a necessidade obrigatória de ingerir a fruta de estômago vazia sob pena de “fermentação” é mais uma bonita história sem qualquer tipo de verdade por detrás (a não ser que ingira a fruta já podre e já em processo de fermentação!). De facto, o ácido clorídrico presente no nosso estômago torna o meio tão ácido que muito dificilmente qualquer processo de fermentação lá ocorreria pois nenhuma bactéria conseguiria lá sobreviver. Aliás, um dos vários segredos do “sucesso” da Helicobater pylori (a famosa bactéria “da úlcera”), passa justamente pela sua capacidade de neutralizar a acidez do seu habitat no nosso estômago e assim colonizar mais facilmente.Aquilo que realmente fermenta é a fibra da fruta quando chega ao cólon pela flora intestinal lá presente, algo que acontece independentemente de quando e com que companhia a fruta foi ingerida. Os eventuais gases que se poderão sentir após a ingestão de fruta (bem como de hortícolas, leguminosas, cereais integrais ou outras fontes de fibra) não é um sinal de “rejeição” do nosso organismo a estes alimentos, mas sim de que os estamos a ingerir na quantidade adequada e temos uma flora intestinal funcionante. De resto, é esta mesma fibra que possui vários benefícios para a nossa saúde como a melhoria do trânsito intestinal, diminuição do colesterol e prevenção de diabetes tipo II, doenças cardiovasculares e cancro colo-rectal.Assim, mais do que se preocupar com o que é ideal ao nível do momento de ingestão, foque-se em atingir as cinco porções diárias de fruta e legumes pois esse sim é o verdadeiro problema. Se nas grandes refeições comer sopa, fruta e alguns legumes no prato já atingiu esse objectivo, depois a ordem com que o faz é consigo!Em resumo:- Antes, durante ou no final da refeição, coma fruta na altura em que lhe sabe melhor- Aumente a ingestão de fibras na refeição, seja através da sopa, saladas, legumes cozidos ou fruta- Sim, a fibra da fruta fermenta nos nossos intestinos (quando tal não acontecer é que será de estranhar!)Fonte: http://lifestyle.publico.pt/mitosquecomemos/322389_fruta-as-refeicoes-antes-depois-ou-nunca


Remédios Caseiros para Queimaduras Solares!

É necessário apenas um mínimo descuido para que o sol faça um grande estrago! Esquecer de passar um bom protetor solar ou descuidar da reaplicação após um mergulho, ou ainda, pensar que o sol não vai queimar, já que está nublado, essas são algumas das situações mais comuns para a queimadura solar. Sem falar naqueles lapsos que seriam cómicos, não fossem trágicos, como quando a pessoa dorme sob o sol por horas seguidas!Ninguém quer ficar com a aparência de um camarão e, menos ainda, ardendo como um camarão na brasa! Mas, como se viu, é fácil acontecer, principalmente para quem tem a pele bem clara. Qualquer solzinho a mais e está com a pele ardendo, quando não pior, já que podem acontecer até mesmo queimaduras de segundo grau com essas pessoas de pele bem clara, aparecendo bolhas na pele.Perigos que vão além das queimadurasA gravidade depende exatamente do tom de pele, sendo as mais claras as mais gravemente atingidas e também o tempo de exposição ao sol que a pessoa se submeteu. Logicamente, os danos causados pelo sol não se resumem às queimaduras, mas ao perigo do câncer de pele, ao envelhecimento, manchas na pele, etc. E isso deveria estar sempre em mente na hora de se expor ao sol. Se as pessoas tivessem oportunidade de ver a pele atingida pelo excesso de sol num microscópio, possivelmente não voltariam a se expor, já que as lesões sofridas pelas células da pele são chocantes, causando até mesmo a morte de algumas e o total “encolhimento” das outras!O que fazer quando acontecerem queimaduras solares?É uma situação preocupante que pode estragar um final de semana de praia, por exemplo. Mas, através de tratamentos naturais, podemos reverter esse quadro e aliviar as queimaduras, resolvendo o problema com alívio imediato!Lembrando que, se as queimaduras forem graves, o médico deve ser procurado rapidamente! Alguns sinais indicam a gravidade do caso:– calafrios e tremores; seu corpo está todo queimado; a dor e a ardência na pele são intensas; você sente mal-estar, como se estivesse doente; há muitas bolhas em sua pele. Se for assim, vá imediatamente buscar ajuda médica!Veja o que se pode fazer utilizando-se tratamentos naturaisCOMPRESSAS FRIASMolhar a região ou aplicar compressas geladas por quinze minutos trarão alívio imediato da dor e diminuição do inchaço.HIDRATANTE NATURAL DE ALOE VERA E MEL Aliviar uma queimadura de sol com aloe vera, ou babosa é boa pedida, já que, além do gel refrescante, a planta ainda possui propriedades regeneradoras e cicatrizantes, além disso, o mel é hidratante e a alfazema é regeneradora e reconstrutora.Preparo:Retirar do interior das folhas o gel da babosa (2 colheres de chá),Juntar num recipiente com 2 colheres de chá de mel e 2 gotas de óleo essencial de alfazema, misturando bem até que fique homogêneo.Aplicar nas partes atingidas.GEL CASEIROBater no liquidificador: 60 g de aloe vera picada, 80ml de óleo de vitamina E, 1g de vitamina C em pó e uma colher de chá de óleo essencial de alfazema. Guardar em frasco bem fechado na geladeira, por até dois meses e aplicar 3 vezes por dia na região afetada.PEPINO OU BATATAColocar rodelas de pepino ou batata gelados nos locais queimados, proporciona alívio e regenera a pele.CHÁ VERDEAplicar compressas de chá verde gelado nas áreas afetadas fará com que a pele se regenere mais rapidamente devido às propriedades dessa planta.AMIDO DE MILHOSalpicar amido de milho na cama ajuda a evitar um pouco a irritação e dor.AVEIADespejar aveia numa banheira com água fria e ficar mergulhado nela por 20 minutos. A aveia é calmante e aliviará as dores.FonteGostava de fazer um branqueamento Dentário? Saiba o preço!


DICAS de Maquilhagem para o Verão !

Nos meses quentes, a maquilhagem deve fazer evidenciar a pele porque nesta época tem uma tonalidade mais fresca e saudável.Durante o dia, se tem por hábito sair de casa maquilhada, substitua a sua base habitual por um hidratante oil-free com cor, que proporciona uma cobertura mais leve, conferindo-lhe ainda um aspeto mais natural.Se preferir, pode também usar «pós ou cremes iluminadores, que realçam o bronzeado por terem brilho na sua composição», aconselha Sara Marques, maquilhadora da Make Up Forever. Se não prescinde da maquilhagem nem para ir para a praia, não se apoquente porque esse gesto não impede/dificulta o bronzeado, exceto se algum dos produtos utilizados tiver fator de proteção solar (FPS) ou, em menor escala, se a maquilhagem tiver várias camadas (pré-base, corretor, base, pó).As sombras e o lápis de olhos são dispensáveis durante o dia, já queambos desbotam com o calor. Em vez disso, use um eyeliner líquido ou em gel para definir o olhar e continue a usar máscara de pestanas mas opte por uma versão à prova de água.PRÉ-BASEDeve ser aplicada em todo o rosto para que fique bem hidratado e luminoso, e para facilitar a aplicação da base.BASEPara a aplicar use uma esponja (maior cobertura) ou um pincel (acabamento mais fino), puxando-a bem para obter uma camada muito fina. Assim, a maquilhagem faz a sua função mas a pele mantém um aspeto muito natural. A base é ideal para uniformizar a tonalidade da pele (caso tenha manchas) ou um bronzeado pouco uniforme.PÓ BRONZEADOREspalhe-o em todo o rosto com um pincel de pó. Algumas mulheres de pele clara gostam de aplicá-lo apenas nas maçãs do rosto, em substituição do blush.Esta também é uma opção válida e que pode ser conjugada com um iluminador em pó para um acabamento mais acetinado e luminoso.MAQUILHAGEM DE OLHOSPara criar um efeito smokey eye, combine sombras claras e escuras ou use lápis macio (preto ou castanho escuro), junto à linha das pestanas, esbatendo-o para obter o efeito esfumado.MAQUILHAGEM DE LÁBIOSPara dar maior duração ao gloss e criar uma boca mais bonita, desenhe e preencha os lábios com um lápis macio de tonalidade natural.ILUMINADORAplique-o no ponto mais alto das maçãs do rosto, entre as sobrancelhas, na ponta do nariz e no queixo. Este gesto dá uma luminosidade excecional e um toque de frescura à maquilhagem.FIXADORPara aplicá-lo corretamente, afaste a embalagem cerca de 25 cm do rosto e pressione o atomizador duas ou três vezes, criando uma bruma que cai sobre a pele. Não só dá uma duração extra à maquilhagem, como hidrata e cuida a pele. Pode e deve ser utilizado várias vezes ao dia para refrescar a pele. Caso opte por não aplicar pó bronzeador, o fixador pode ser utilizado logo a seguir à base e de novo no final da maquilhagem.À NOITEVerão rima com noites quentes e ambientes glamourosos. Para a maquilhagem noturna, seja mais arrojada. Sara Marques diz-lhe que produtos deve usar e como deve aplicá-los para dar à pele um aspeto ainda mais saudável, luminoso e hidratado.Texto: Madalena Alçada Baptista com Sara Marques (maquilhadora)


Marcação de consulta

Nome 
Telefone 
Email 
Data 
Hora 
Clínica 
Consulta 
Que letras vê? hmro (Questão anti-spam)
    

Leiria

morada-vital-3m, morada-clinicas-dentarias, clinicas-dentarias-leiria, clinicas-dentarias-caldas-da-rainha, aparelhos-dentarios, dentista, dentário, médico-dentista

Rua de Ourém, lote 5 loja C, R/c Dtº,
Nova Leiria Almoinha Grande 2415-781 Leiria

email-clinica-dentaria, clinicas-dentarias-leiria, dentistas-leiria-email, implantes-dentários, implante-dentario, leiria-dentistas, clinica-caldas-da-rainha, -dentistas-caldas-da-rainha geral@vital3m.com
contato-clinica-dentaria, vital-3m-contactos, dentistas-leiria-contactos, -dentista-caldas-da-rainha, médico-dentistas, -implantes-dentários, médicos-caldas-da-rainha +351 967 666 851
dentista-leiria, contactos, -clinica-dentaria-leiria, clinica-dentária-caldas-da-rainha, -dentários, dentária, medicina-dentária +351 244 092 830
dentista-leiria, contactos, -clinica-dentaria-leiria, clinica-dentária-caldas-da-rainha, -dentários, dentária, medicina-dentária +351 244 093 021

Caldas da Rainha

morada-vital-3m, morada-clinicas-dentarias, clinicas-dentarias-leiria, clinicas-dentarias-caldas-da-rainha, aparelhos-dentarios, dentista, dentário, médico-dentista

Rua Columbano Bordalo Pinheiro, Nº 32,
Nossa Senhora do Pópulo 2500-147 Caldas da Rainha

email-clinica-dentaria, clinicas-dentarias-leiria, dentistas-leiria-email, implantes-dentários, implante-dentario, leiria-dentistas, clinica-caldas-da-rainha, -dentistas-caldas-da-rainha geral@vital3m.com
contato-clinica-dentaria, vital-3m-contactos, dentistas-leiria-contactos, -dentista-caldas-da-rainha, médico-dentistas, -implantes-dentários, médicos-caldas-da-rainha +351 968 792 560
dentista-leiria, contactos, clinica-dentaria-leiria, clinica-dentária-caldas-da-rainha, dentários, dentária, medicina-dentária +351 262 838 683
dentista-leiria, contactos, clinica-dentaria-leiria, clinica-dentária-caldas-da-rainha, dentários, dentária, medicina-dentária +351 262 838 685

Segue a Clínica

     

GTranslate

English French Portuguese Spanish
JoomShaper